27 outubro 2012

Critica: Sick - 3: The Walking Dead

Bom, como um novo episodio sai amanhã eu vim apressar a nova critica do segundo episodio que eu vi logo no dia seguinte, mas a preguiça estava grande e então só estou escrevendo agora. Bora lá rever os momentos tensos? Atenção!  Se você ainda não viu o episodio, aconselho que não passe adiante para ler o que não deve. Se você não leu a primeira critica. Leia AQUI

                                                               Meggan, Hershal e Beth:
A caçula da família estava querendo acreditar na volta de seu pai, inclusive começou até picotar uma das pernas da calça dele. Mas enquanto a segunda, caindo no meu conceito, tentava não querer a volta dele. Em pontos ela tem razão: O que um senhor, em pleno Apocalipse Zumbi vai  ficar fazendo? Tá, ele pode atirar e tudo mais. Mas o problema é quando vir uma horda gigantesca e todo mundo sair correndo... e ele? Talvez as filhas o salvariam mas ficar protegendo ele a todo momento seria bem chato. Concorda?

A cena em que Meggan conversa com o pai, pede para ele partir e acabar com aquele sofrimento foi bem comovente. Vi legendado, que ficou muito bom.  E no dia da estreia na Fox, achei a versão dublado bem dramalhona. E convenhamos, se fosse na segunda temporada iria demorar oito episódios para que o Hershal  acordasse. Sophia demorou seis para ser achada, imagina um velho desmaiado? Ainda bem que o Diretor da série disse que a terceira temporada iria ser como um trem desgovernado e está acontecendo isso mesmo.

Prisioneiros: Putz, sabe aquela coisa  do Trem desgovernado e nada seria como antes? Antão, começou por esses cinco prisioneiros. Antes de chegar no assunto especifico que eu gostaria de falar, quero tocar em um assunto sem importância. Queria muito ver uma briga entre o  T-Dog(felizmente anda ganhando falas) e o Anão(?), aquele grandão que foi arranhado e depois morto por um de seus colegas. Daria uma bela luta de gigantes, não é?

Como os caras podem ser burros assim? Bater nos Mortos mesmo com Rick explicando varias vezes que não vai funcionar. Puxa, mas vamos falar uma verdade: Foi hilario eles correndo para briga e os mortos vivos não sentindo nenhum efeito. Eu pensei que esses prisioneiros iriam durar mais episódios, principalmente o chefão. Foi muito, mas muito foda mesmo a cara de merda do Rick e depois PUM.. acertou em cheio a cabeça do presidiário sanguinário que eu esqueci o nome. E pior que eu me assustei MESMO nessa cena. E enquanto eu me assustava o capanga do cara morto corria e acabou parando para fora da prisão com um lugar cheio de Zumbis.Tá, nem tinha tanto zumbi assim, mas se tivesse escutado o Rick teria matados todos facilmente com o seu bastão. Sobraram o cara que não queria clamar por sua vida.(deveria ter morrido!). E o velho de bigode que eu passei a gostar demais dele e deveria ter entrado para o grupo.

Carl e Lori: Puxa, sou o único que anda gostando do Carl? To achando ele bem mais valente e prestativo do que as primeiras temporadas. Mas quem não mudar depois disso tudo pode jogar no lixo. Duas coisas que me chamou a atenção nesse sobre o garoto. Primeiro: Ele foi buscar SOZINHO os medicamentos que precisava, matou dois zumbis e isso deveria ser mostrado na minha opinião e quando ele traz a filha da puta da mãe dele xinga o garoto e ele responde na mesma moeda. Boa! uyusasauasiask.

Mas uma coisa que a versão legendado mencionou foi: ''Tá vendo o Hershal? Isso aconteceu com todo mundo junto!'' Mas na versão dublada ela apenas diz: ''Tá vendo o que aconteceu com ele? Poderia ter acontecido com você ou pior'' Mais ou menos isso. Foi uma coisa boba, mas ok. Legal foi a Beth, namoradinha dele dando sermão e pedindo para respeitar a mãe dele.  E a Lori? Pensei que na hora que ela estava fazendo respiração boca a boca no velho, ele iria se transformar e iria arrancar a metade da boca dela. Iria Ser foda, né? Eu nem preciso tocar na relação dela e do Rick, não é?

                                                                          Carol:
Puxa le Puxa! To começando a gostar da Carol. Depois do fogo e rápido flerte com o Daryl. Ela muda seus status para: Carol, a parteira!  Tenso foi no quase fim do episodio ela pegando uma Zumbi como teste para tentar futuramente fazer o parto da Lori. Essa personagem tem tudo para crescer e tomara que não morra.

Pena que a Michonne e a Andrea não apareceram no episodio. Ma quem liga, não é? No terceiro episodio vão ser só delas.

Bom, espero que tenham gostado do novo post. :)        
Siga-me no Twitter: @brunohtl
Ou siga a Pagina do Blog: https://www.facebook.com/InutPublica?ref=hl                                            

6 comentários:

  1. ai sim heim .... mto bom brother....

    ResponderExcluir
  2. analfabeto funcional.....

    ResponderExcluir
  3. Cara, concordo contigo que o guri (Carl) tá mais legal na terceira temporada, porque na 1a e na 2a, ele e a mãe dele só serviam pra que os outros morressem. Por outro lado a Lori é chata pra caramba. Que personagem sem sentido. Alguém mata essa mulher, pelo amor de Deus.

    ResponderExcluir